Tragédia: Como Evitar nas Piscinas

Fique a saber os cuidados a ter, de modo a evitar uma tragédia na sua piscina.

Os meses de Junho, Julho, Agosto e Setembro são os meses mais críticos. Estes meses são insuflados pelas férias em família e as temperaturas mais quentes.

A saber que a União Europeia aconselha que todas as piscinas devem ter , pelo menos, um sistema de segurança. Dos quatro sistemas de segurança recomendados: «alarme, cobertura de segurança, abrigo ou vedação».

No entanto, a existe uma medida fundamental que todos os familiares devem adoptar. O mais importante quando as crianças estão dentro de água é a vigilância. Da mesma forma que a vigilância tem que ser permanente, de modo a evitar uma tragédia. Nunca se deve deixar as crianças sozinhas na zona da piscina, sendo esta a única forma de garantir que se vai conseguir socorrer a criança.

Além disso é também uma mais-valia saber fazer reanimação cardiorrespiratória. É também importante equipar as crianças com braçadeiras, fatos flutuadores ou com bóias adaptadas. Outro aspecto igualmente importante é ter sempre junto da piscina uma vara com gancho salva-vidas ou uma bóia de salvamento.

Deve existir sempre o cuidado de não deixar brinquedos dentro da piscina, uma vez que é uma situação da criança e pode ser uma distracção fatal.

Visite a nossa página e verifique as nossas soluções de segurança.

https://www.artepiscinas.pt/categoria-produto/seguranca/

Piscinas: Cuidados a ter para evitar a tragédia

Deixe um comentário

five × four =